Seja um Flamingo em um Bando de Pombos - Significado e Simbolismo

Todos nós já ouvimos o ditado ser um flamingo em um bando de pombos e nos perguntamos o que isso significa. Para decifrar o significado desse ditado, precisamos começar do início.



Flamingos são lindos pássaros rosa com penas incomuns de cor rosa. Eles também são únicos por sua postura de ficar em uma perna só, que ninguém sabe ao certo para que serve.

Essas aves podem ser encontradas em quase todos os continentes, mas sua singularidade os torna uma experiência especial para todos que têm a sorte de vê-los na natureza. Eles vivem em grandes bandos e são pássaros muito sociais.



Por causa dessas características e de sua singularidade, eles são considerados uma aparência rara e incomum.



Por outro lado, os pombos também são pássaros amplamente espalhados, mas são uma visão muito mais comum do que ver flamingos. A razão é o fato de compartilharem seu habitat com os humanos, ao contrário dos flamingos que vivem na natureza.

Cada um de nós vê pombos diariamente.

Os pombos também são pássaros bonitos, mas em comparação com os flamingos, eles parecem enfadonhos e desinteressantes. A razão para isso é o fato de que os flamingos são pássaros que a maioria de nós vê em programas científicos ou filmes, e podemos ver pombos em cada esquina.



Os pombos estão tão habituados a viver na presença humana que quase não mostram qualquer sinal de medo, mesmo na proximidade das pessoas.

Eles também podem ser muito irritantes e geralmente são considerados pássaros sujos e transmissores de doenças.

Quando esses fatos são levados em consideração, a conclusão é fácil. Ser um flamingo entre muitos pombos geralmente significa ser diferente do resto das pessoas. Ser diferente pode significar muitas coisas diferentes.



Um flamingo pode ser considerado um símbolo de algo extraordinário, incomum, raro, interessante, incrível, desafiador, inspirador, visível, agradavelmente chocante, atenção, respeito, inesperado, nunca visto antes, exótico, enquanto os pombos simbolizam o completo oposto.

Eles simbolizam o comum, simples, usual, comum, desinteressante, cotidiano, pouco inspirador, o invisível, indiferença, desprezo, desrespeito, o esperado, visto todos os dias e outras coisas semelhantes.

Não me entenda mal. Não estou votando a favor dos flamingos. Excesso de emoção e desafio às vezes pode ser insuportável e perturbador para a paz de alguém. Existem muitas bênçãos na planície, no comum e também no ordinário.

Principalmente, eles nos dão paz de espírito e a segurança necessária.

A expressão ser um flamingo em um bando de pombos é facilmente aplicada ao nosso ambiente cotidiano. Simplesmente não vemos flamingos em nosso ambiente e, por outro lado, estamos cercados por pombos, um ambiente onde um flamingo realmente se destacaria.

Flamingos são pássaros sociáveis ​​e vivem em grandes bandos na natureza, e qualquer ave, incluindo um pombo, que apareça em seu bando certamente se destacaria também.

Ser um flamingo entre muitos pombos significa simplesmente: destacar-se da multidão. Seja único.

Não tenha medo de expressar sua individualidade. Não significa ser vulgar e chocar as pessoas com sua aparência e comportamento.

A frase indica algo extraordinário e incomum entre coisas e circunstâncias comuns e usuais. Chama-nos a ser originais entre muitas cópias.

A maioria das pessoas tem uma mentalidade de rebanho e deseja fazer parte da multidão. Eles gostam da segurança que ela oferece. A maioria das pessoas não quer ou tem medo de se destacar na multidão.

Eles copiam aqueles que consideram seus líderes de alguma forma. A maioria das pessoas é seguidora e precisa de um modelo a seguir. Hoje em dia, com a disponibilidade e ampla difusão das mídias sociais, é fácil para as pessoas copiarem umas às outras.

É preciso um caráter forte e personalidade e individualidade desenvolvidas, bem como criatividade natural e capacidade de ser diferente da multidão e ser único e verdadeiro consigo mesmo.

Muitas pessoas simplesmente não querem isso, ou não têm a capacidade ou a confiança para se destacar. E isso está perfeitamente bem. Não podemos ser todos gênios, criativos ou supermodelos etc.

Às vezes, destacar-se da multidão não precisa ser uma coisa boa. Excentricidade e diversidade demais de outras pessoas podem fazer com que as pessoas nos evitem e nos isolem da sociedade.

Como em tudo o mais, você precisa ser moderado quanto à sua singularidade. Você não quer ficar tanto na multidão que ninguém quer mais andar com você, ou as pessoas começam a pensar que você é uma pessoa estranha de quem deveriam ficar longe.

Há uma linha tênue entre demonstrar seu verdadeiro eu e parecer pomposo e cabeçudo. Às vezes, ser diferente pode levar a outros extremos. Portanto, tenha cuidado com isso enquanto tenta ser um flamingo em um bando de pombos.

sonhos com a avó falecida

As pessoas são seres sociais. Todos nós precisamos do apoio de nossa comunidade. De que adianta a sua singularidade para você, quando ninguém percebe ou o considera estranho e impróprio?

Você deve ter como objetivo inspirar os outros a abraçar sua própria singularidade e individualidade, e não considerar isso como algo que eles deveriam reprimir por medo de que o ambiente os rejeite.

Se esta frase for aplicada corretamente, pode ser uma motivação para superar a maldição da mediocridade e ficar satisfeito com o que é.

Esta frase pode encorajá-lo a aspirar por mais, e não ter medo de seguir seus desejos e sonhos, não importa o quão impossíveis eles possam parecer para os outros, ou mesmo para você.

Pode ser uma motivação para ir atrás de seus desejos, mesmo que todos em seu rebanho pensem que você é louco.

Esse ditado também pode ser um incentivo para ter orgulho de sua individualidade e de suas características especiais.

Se há algo em você que o torna diferente da maioria das pessoas, como ter mais peso do que a média, ter algum distúrbio da fala ou algo semelhante, esse ditado pode encorajá-lo a abraçar suas diferenças e aceitá-las como parte integrante de sua individualidade.

Não tenha vergonha deles, mas orgulhosamente apresente-os como parte de sua singularidade. Essas características são suas e é sua tarefa fazer com que os outros o aceitem como você é. A única maneira de fazer isso é aceitar essas características e amá-las.

Quando você começar a amar a si mesmo inteiramente do jeito que é, os outros começarão a fazer o mesmo. Sua diversidade se tornará um motivo de aceitação, não de rejeição.

Para concluir, o ditado ser um flamingo em um bando de pombos significa simplesmente abraçar a si mesmo e sua individualidade e autenticidade, e os outros irão aceitá-lo e amá-lo por isso.

Não há necessidade de copiar outros porque você já tem tudo o que precisa dentro de você.