Simbolismo Hawk no Cristianismo

Os gaviões são aves de rapina. Eles são conhecidos por sua inteligência e apegos vitalícios a um parceiro. Eles são principalmente pássaros migratórios. Eles são freqüentemente considerados mensageiros dos reinos espirituais.



Eles também são um símbolo de sabedoria, intuição, visões, habilidades psíquicas, verdade, despertar e desenvolvimento espiritual, bem como iluminação espiritual.

Os falcões também são símbolos de liberdade, visão e vitória. Eles simbolizam a salvação de algum tipo de escravidão, seja essa escravidão emocional, moral, espiritual ou escravidão de outro tipo.



No Antigo Egito, os falcões eram um símbolo relacionado aos faraós, grandeza, deuses, orações, estrelas, o mundo, a terra, etc.



O falcão estava relacionado ao deus dos céus e do sol, o deus Hórus. Este deus foi apresentado como um homem com cabeça de falcão, ou como um falcão.

O símbolo egípcio para o Sol é o Olho de Hórus, que é o desenho do olho de um falcão estilizado. Este poderoso símbolo simbolizava o poder do faraó e significava proteção contra o mal, o perigo e a doença.

sonho de estar na prisão

O falcão com cabeça humana era um símbolo da transferência de almas humanas para a vida após a morte.

Falcões na Bíblia



Gaviões são pássaros amplamente difundidos na Palestina, o território onde a maioria das histórias bíblicas acontecem.

No livro de Jó, capítulo 39, versículo 26 do Antigo Testamento, Deus pergunta a Jó: O falcão voa por sua sabedoria e abre suas asas para o sul? Este versículo fala sobre as leis da natureza e todas as coisas que se desdobram de acordo com essas leis. Os falcões, como outras aves, sabem naturalmente quando é a hora de migrar e rumo a climas mais quentes e o fazem instintivamente, regidos pelas regras da natureza.

Os falcões também são mencionados no Antigo Testamento, entre outros animais impuros, que não deveriam ser consumidos pelos israelitas. A primeira vez que eles são mencionados como impuros é em Levítico, e a segunda em Deuteronômio das Escrituras Antigas.



A saber, no terceiro livro de Moisés chamado Levítico, no capítulo 11, Deus diz a Moisés quais coisas vivas podem ou não ser comidas e quais coisas são limpas e impuras. Nos versos 13-19, Deus menciona os pássaros que deveriam ser abominados, e diz que, entre outros, águias, abutres, urubus, corvos, avestruzes, falcões , gaivotas, corujas, pelicanos, cegonhas, garças, poupa e morcegos também são nojentos e as pessoas estão proibidas de comer qualquer um deles.

O mesmo é dito no livro de Deuteronômio no capítulo 14.

O livro de Jó também menciona a visão dos falcões no capítulo 28. Este livro do Antigo Testamento fala sobre um homem chamado Jó, descrito como um homem honrado abençoado com todos os tipos de riquezas. Satanás tenta Jó com a permissão de Deus e destrói seus filhos e propriedades, mas não consegue tirar Jó dos caminhos de Deus e desviá-lo do caminho.

O capítulo 28 do Livro de Jó fala sobre a riqueza que sai da terra. Também menciona que a sabedoria não pode ser comprada. A sabedoria é igualada ao temor a Deus e o afastamento do mal é igualado ao entendimento.

Este capítulo menciona algumas das riquezas da terra que até os olhos dos falcões nunca viram. Em outras palavras, a terra está cheia de tesouros ainda não descobertos, que não podem ser encontrados facilmente.

o que uma estrela significa

Nem mesmo pássaros que são guiados por instintos em busca de alimento, cruzando grandes distâncias em seus caminhos migratórios, encontrando inequivocamente os mesmos locais de nidificação quando voltam de suas longas viagens, cruzando oceanos e montanhas, parecem não conseguir chegar lá.

O significado provável desses versos é a ideia de que embora o homem tenha descoberto muitas das riquezas da terra, ainda existem muitas riquezas na terra, permanecendo escondidas dos olhos do homem.

Esses são na sua maioria minerais escondidos e outros conteúdos subterrâneos.

A outra mensagem dessas palavras pode ser que podemos pensar que sabemos muitas verdades sobre a vida e o próprio planeta, mas, na realidade, há muito mais conteúdo oculto de nosso conhecimento do que aquele que podemos descobrir e usar.

No livro do profeta Isaías, o falcão é mencionado várias vezes. Primeiro no capítulo 34: Lá, a coruja nidifica, põe-se, choca e reúne seus filhotes em sua sombra; na verdade, lá o falcões estão reunidos, cada um com seu companheiro. Este versículo pode ser uma referência à natureza monogâmica do falcão e ao fato de que freqüentemente acasala para o resto da vida. Estas palavras enfatizam a importância de um relacionamento monogâmico, bem como de cuidar de sua prole.

Os falcões também são mencionados em alguns outros lugares da Bíblia. Por exemplo, no livro do profeta Jeremias, no capítulo 12, é mencionado: Meu povo escolhido é como um pássaro atacado por todos os lados por falcões. Chame os animais selvagens para entrar e se juntar à festa! Em outra tradução, este versículo é: Meu povo é como um falcão cercado e atacado por outros falcões. Diga aos animais selvagens para virem e comerem até se fartar.

Essas palavras falam sobre o sofrimento e os ataques que as pessoas devotadas a Deus sofrem por parte dos descrentes. Deus compara esses ataques com os ataques de aves de rapina selvagens, como o falcão e outros animais selvagens.

cabelo comprido significado dos sonhos

O Antigo Testamento menciona o falcão mais uma vez no livro de Daniel. Daniel prediz a queda do rei babilônico Nabucodonosor que sitiou Jerusalém, interpretando seu sonho.

As palavras de Daniel se tornaram realidade: Aconteceu imediatamente. Nabucodonosor foi expulso da companhia humana, comeu grama como um boi e ficou encharcado no orvalho do céu. Seu cabelo cresceu como as penas de uma águia e suas unhas como as garras de um falcão.

No Cristianismo, o falcão selvagem simboliza a alma materialista e incrédula carregada de pecados e más ações.

Quando domesticado, o falcão é o símbolo de uma alma convertida ao Cristianismo e que aceita todas as suas crenças e virtudes.

O significado bíblico de ver um falcão

Os falcões têm excelente visão e são um sinal de clarividência ou de ver coisas além do reino visível.

O aparecimento do falcão em sua vida pode indicar que você se tornou consciente do incrível dom que você tem de ver o futuro e as coisas que ainda estão por vir, para que possa ajudar a si mesmo e aos outros.

Este pássaro também pode ser um sinal do despertar de outros dons psíquicos que você possui, como intuição intensificada ou orientação interior que o leva para as decisões e escolhas corretas.

O falcão o incentiva a abraçar esses dons dados por Deus e não permitir que sejam desperdiçados.

Deus o abençoou com eles por uma razão, portanto, respeite e aprecie-os e use-os para o bem da humanidade.

Os gaviões geralmente têm um parceiro vitalício e eles se separam quando um dos dois morre. O falcão aparecendo em sua vida é um sinal de um amor eterno e divino que você deseja e merece.

Hawks também simbolizam unidade e devoção. Um falcão aparecendo em sua vida é um lembrete do Universo para se cercar de pessoas que você ama e confia. Confie neles quando os tempos são difíceis.

Os falcões são considerados mensageiros divinos. Eles também voam alto e têm ótima visão, de modo que são capazes de ver o panorama geral das coisas. Quando eles entram em sua vida, geralmente são uma mensagem do Universo para procurar algumas respostas.

Talvez você não veja todos os detalhes de uma situação e precise ter uma perspectiva mais ampla sobre alguns assuntos para que possa tirar as conclusões certas e decidir corretamente. As respostas estão perto de você; você simplesmente precisa mudar a maneira de ver as coisas.

segunda casa em escorpião

Falcões às vezes aparecem em nossos sonhos como mensageiros do Divino e dos reinos espirituais.

Lembre-se dos detalhes de tais sonhos porque eles carregam mensagens importantes para nossa situação de vida atual e nosso futuro em geral.

Os detalhes apontarão as áreas de sua vida nas quais você precisa se concentrar.

Este sonho pode ser um sinal do desenvolvimento de sua espiritualidade e um claro sinal de seu avanço em direção à iluminação espiritual.