Júpiter oposto à sinastria de Plutão

Vamos falar sobre astrologia! Claro, nos tempos modernos, todo mundo sabe alguma coisa sobre horóscopos, mas não tanto quanto um astrólogo poderia lhe dizer.



A astrologia trata principalmente de nossas complexas personalidades e relações entre este universo que chamamos de nosso lar e nós mesmos.

Na astrologia, acredita-se que o plano maior, ou seja, o universo, se reflete em um plano menor, ou seja, um ser humano.



Portanto, a astrologia e as leituras astrológicas devem ser muito mais do que as pessoas em conversas comuns designam como horóscopo. As pessoas equiparam o termo do horóscopo ao do signo do zodíaco; mais precisamente, o signo governante do zodíaco ou signo solar.



Quando alguém lhe perguntar sobre seu horóscopo, você provavelmente dirá qual era o seu signo.

Além disso, as pessoas tomariam seu signo do zodíaco como algum tipo de marca de assinatura, até mesmo se apresentando como um Áries, ou Escorpião, ou um Leão ou qualquer que seja o signo em um caso particular.

O seu signo do zodíaco explica quem você é? É uma boa maneira de se apresentar? Bem, sim e não. Seu signo solar certamente desempenha um papel vital em sua personalidade.



No entanto, é apenas uma parte de uma imagem mais complexa, seu mapa natal. Cada signo do zodíaco desempenha algum papel. Cada planeta do sistema solar também desempenha sua parte.

A complexidade de sua distribuição e relações mútuas é o que o torna uma pessoa única, assim como todas as pessoas que você já conheceu em sua vida. Como surgiu essa relação entre as estrelas e a humanidade?

Nos tempos em que nossa civilização era jovem, a astrologia era muito popular. O horóscopo mais antigo está associado à antiga Babilônia, a magnífica civilização que se diz ter tido vários astrólogos.



Na verdade, até o século XVII DC, parece que a astrologia e a astronomia eram tratadas juntas e levadas a sério.

Claro, a astrologia teve diferentes períodos durante sua longa história. No entanto, durante o século XVII, a Idade da Razão, ela foi separada da astronomia e colocada no canto junto com outras práticas alternativas.

Hoje, a astrologia é considerada uma pseudociência, embora seja muito popular e de fácil acesso.

É verdade que fazer astrologia é uma coisa complicada, pois, ao que parece, qualquer pessoa pode alegar ser astrólogo. Existem, no entanto, cursos adequados em astrologia etc. Em qualquer caso, embora a astrologia não seja uma ciência oficial, muitas pessoas confiam em seu prognóstico.

A astrologia pode fornecer informações úteis e fazer você pensar sobre coisas importantes em sua vida, de uma forma ou de outra.

Compatibilidade astrológica e cartas natalinas

Por que os mapas natais são importantes para entender quando falamos sobre compatibilidade romântica, em termos de astrologia? Bem, é precisamente porque a compatibilidade astrológica é, na verdade, compatibilidade de mapas natais de duas pessoas.

Por isso, é fundamental entender o que os mapas natais representam e como podem ser comparados.

A astrologia natal é a base de todas as análises posteriores. As cartas natalinas são cartões de identificação astrológica, psicologia astrológica e perfis médicos e muito mais. A astrologia afirma que nossos destinos foram escritos nas estrelas.

Tudo o que somos está oculto nos padrões planetários e em seus movimentos. No momento em que um nasce, os planetas formam um padrão celeste único.

Claro, muitas pessoas nasceram ao mesmo tempo e no mesmo lugar. O truque é que o que foi escrito no início, no momento do nascimento, são potenciais desse indivíduo.

Portanto, o futuro desenvolvimento, crescimento e uso de tais potenciais dependem de outros fatores. Desta forma, cada um de uso torna-se uma personalidade única e original.

Agora, o que isso tem a ver com compatibilidade? Essa coisa é bem clara. Cada mapa natal único reage ao outro mapa, aos mapas de outras pessoas.

Se você estiver interessado em uma conexão específica, poderá ter seus gráficos comparados, mesclados e analisados ​​de várias maneiras. A astrologia pode ser de grande ajuda.

Sinastria e compatibilidade astrológica

A Synastry está comparando mapas natais. Costumamos falar em compatibilidade romântica, então, nesse caso, o astrólogo compara mapas natais de parceiros românticos, atuais ou potenciais.

Ao comparar os mapas, o astrólogo pôde ver o quão compatíveis eram. Aspectos que esses gráficos criam entre si diriam muito sobre a natureza de um relacionamento.

Cada gráfico é primeiro analisado separadamente. Astrologer assim encontra pessoas que tiveram um relacionamento e vê com mais clareza que tipo de pessoa eles eram e quão compatíveis.

Uma vez que o astrólogo os compare e interprete os contatos planetários específicos entre eles, podemos obter um relatório de sinastria completo e detalhado.

A sinastria pode ser muito útil para entender como funcionam os relacionamentos. A sinastria não é um prognóstico cem por cento preciso que diria sobre o 'resultado' de uma conexão. Ele fala sobre quais potenciais uma determinada conexão tem.

Portanto, isso não quer dizer que seu relacionamento será um desastre, se houver alguns maus indícios e vice-versa.

Aspectos astrológicos e leitura de sinastria

Os aspectos são o mais importante. Aspectos são contatos planetários vistos em mapas natais e entre mapas natais. Aspectos são ângulos que formam planetas e cada ângulo produz fluxos e trocas energéticas específicas.

Cada planeta tem sua própria natureza e energia; em alguns aspectos, essas energias são combinadas ou opostas ou conflitantes ou cooperativas ou qualquer outra coisa.

A natureza dos aspectos pode ser fluida e fácil ou pesada e desafiadora. Há também um aspecto que pode se manifestar de forma negativa ou positiva.

No entanto, um aspecto isolado não descreve a totalidade de um relacionamento. É apenas um elemento. A complexidade dos aspectos e a complexidade do gráfico individual proporcionam uma imagem completa.

Aspecto de oposição em relatórios de sinastria

A oposição é um dos aspectos pesados; na verdade, o mais problemático. As oposições na astrologia natal podem ser particularmente problemáticas, pois fazem a pessoa se sentir contraditória por dentro.

Isso pode levar à dúvida, ir a extremos e tais problemas. Com oposições de mapas natais, muitas vezes a pessoa se sentiria dilacerada por dentro.

Agora, não precisa ser dramático, dependendo de outros aspectos que ele ou ela tem no mapa natal. Na sinastria, a oposição é conflitante e tensa.

Desperta o pior das energias planetárias e faz as pessoas discutirem, brigarem e leva a mal-entendidos, falta de tolerância e dificuldades em geral. Em oposição, não há fluxo de energia e cooperação.

Embora isso possa lembrar a história de duas cabras em uma ponte, as oposições não são necessariamente destrutivas. Esses aspectos poderiam, de fato, atuar como estimulantes. Se outros aspectos forem favoráveis, um casal poderia, de fato, ter grande uso da oposição.

A oposição marca diferenças. Às vezes, as diferenças são as lições mais atraentes e boas.

Júpiter em mitologia e astrologia - planetas em sinastria

Júpiter é conhecido por ser o agente mais benéfico em mapas natais, sinastria e astrologia em geral. Júpiter é o planeta do otimismo, expansão, fortuna e sorte.

Diz-se que aqueles que têm Júpiter fortemente posicionado nos mapas natais, especialmente se em algum aspecto muito bom, nasceram sob uma estrela da sorte. Bem, Júpiter realmente é uma estrela da sorte.

Associado ao deus romano Júpiter, o deus da sabedoria, da justiça, das leis divinas e humanas, este planeta se manifesta de maneira descontraída. Sua energia está associada a um alto status social, com alta educação e prosperidade como um todo.

Nada com Júpiter foi forçado; tudo vem mais ou menos naturalmente. O deus Júpiter era um protetor da humanidade.

marte em pisces man

Este planeta está principalmente associado a um maior conhecimento, fé, religião, filosofia, viagens, ampliando visões e horizontes. Está associada a viagens distantes, a pessoas estrangeiras e terras estrangeiras.

Júpiter é benéfico. Na sinastria, este planeta faz as coisas correrem com o fluxo, de forma fácil e irrestrita. Em geral, Júpiter traz prosperidade e sorte à vida amorosa.

Plutão em mitologia e astrologia - planetas em sinastria

Plutão é um planeta magnético, misterioso, distante e um tanto sombrio. É associado a antigas divindades do submundo, Plutão e Hades (o mesmo deus nos panteões grego e romano).

Os gregos não queriam dizer seu nome em voz alta, por exemplo, não querendo 'convidar' a morte. No entanto, nenhuma dessas pessoas odiava Plutão. Seu reino foi considerado inevitável.

Plutão nunca foi considerado um deus do mal, mas as pessoas naturalmente não gostavam muito dele. Além da associação com a morte e as trevas, Plutão também é uma divindade de grande força e poder.

Em astrologia, poderíamos chamá-lo de um poder oculto, magnético e dificilmente visível. Plutão sempre foi associado ao ocultismo, mistério, escuridão.

Plutão rege o signo do enigmático, embora muitas vezes irresistível Escorpião. Esta é a melhor maneira de descrever o efeito de Plutão.

Em um relacionamento, Plutão é frequentemente associado à luta pelo poder e geralmente responsável por obsessão doentia, possessividade, ciúme. Ter Plutão em um aspecto pesado não é algo particularmente promissor.

Vamos ver o que acontece quando ele se opõe a Júpiter.

Júpiter Oposto Plutão Sinastria - Problemas de Projeção

Questões pessoais que tendem a se projetar em um plano maior, o próprio relacionamento, marcam a oposição de Júpiter ao aspecto de Plutão na sinastria.

Plutão é o planeta da transformação; neste caso, geralmente representa algum tipo de processo transformativo interno do parceiro. A pessoa de Plutão não pode evitar projetar sua necessidade de se transformar em seu parceiro de Júpiter.

Júpiter é geralmente tranquilo, mas ninguém gosta de se envolver com processos que não são seus.

Independentemente de quanto amor e atração entre eles, esta pode ser uma relação particularmente tensa. Plutão quer se transformar por meio de Júpiter e, portanto, na realidade, muitas vezes acaba tentando transformar Júpiter!

Lembre-se de que Plutão é poderoso e sua influência não é algo facilmente ignorável.

A maior diferença entre esses dois é que Júpiter confiaria em sua razão aqui, enquanto Plutão confia apenas em emoções.

Júpiter Oposto Plutão Sinastria - Atitudes Polarizadas

Isso leva a argumentos relativos a crenças, de todos os tipos. Plutão pode tentar convencer Júpiter a mudar suas próprias crenças, apenas para provar (para si mesmos!) Que são quem acreditam ser. Sim, tudo isso parece muito confuso e é assim.

Embora a oposição de Júpiter a Plutão muitas vezes o levasse a esse tipo de situação, há certos lados positivos.

No entanto, aqueles requerem o envolvimento de alguns agentes e aspectos adicionais favoráveis. A polarização entre mental e emocional, incorporada em Júpiter e Plutão, pode levar ao entendimento mútuo ao aceitar que há outra maneira de abordar as questões.

Isso não vem naturalmente e requer um nível incrível de autoconsciência e abertura de mente.

Plutão nunca é fácil quando em aspectos negativos na sinastria. Júpiter e Plutão são muito diferentes em atitude, natureza e energia.

Essa oposição geralmente não traz drama e comportamentos impulsivos, mas pode tornar um relacionamento tenso e persistente em uma atmosfera que sugere que algo estava errado, enquanto todos os elementos de um relacionamento, considerados isolados, podem parecer perfeitamente bem.