Nodo Norte na 1ª Casa

O indivíduo deve superar a dependência dos outros, construindo sua própria identidade. Ele terá que dar a devida importância a si mesmo, sem excluir os benefícios das relações sociais e afetivas.



O aumento é encontrado no próprio comportamento independente, depois de ter desistido da esperança de apoio de outros.

Nodo Norte - Significado e Simbolismo

O Nodo Norte representa os objetivos cármicos da vida, apontando o caminho para o crescimento e evolução da alma. Sugira o que deve ser feito para cumprir nosso destino.



No mapa astral, a posição do Nodo Norte mostra a área da vida onde devemos concentrar nossa atenção se quisermos cumprir nosso destino.



O Nodo Norte afeta os relacionamentos - ele nos ajuda a entender como nos comportamos, identificar as atitudes que temos em certas situações e oferece pistas sobre o que podemos melhorar.

Uma vez que representa o que a alma deve se tornar, o Nodo Norte é um território desconhecido e incerto.

Portanto, envolve sair de sua zona de conforto e enfrentar questões desconhecidas, exigentes e desafiadoras. Nesse momento de incerteza, a alma pode se voltar para o Nódulo Sul, para suas experiências passadas.



Nesse momento, a alma traz o que aprendeu no passado para o presente para ajudar a cumprir seus objetivos presentes.

rahu na 10ª casa

A primeira casa astrológica começa com a linha ascendente e é de especial importância na interpretação do mapa natal.

Embora não esteja ligada a áreas existenciais específicas dentro das quais possam ocorrer eventos, pessoas ou situações relacionadas com este setor (como acontece por exemplo com a segunda casa e bens etc.; a terceira casa e irmãos / irmãs, viagens.



Na astrologia chinesa, os nós são representados por um dragão. O Nodo Norte corresponde à cabeça (Cabeça do Dragão) e o Nodo Sul à sua cauda (Cauda do Dragão).

Visto desta forma, compreende-se o simbolismo atribuído a cada um dos Nódulos: o Norte é o ponto onde se come o alimento; o Sul é o ponto onde os resíduos são expulsos.

1stCasa - Significado e Simbolismo

No momento em que nascemos, somos violentamente confrontados com uma realidade totalmente desconhecida. Nossa existência até então se limitava ao conforto, estimulado por suaves movimentos uterinos. Imersos em um ambiente quente, escuro e úmido, fomos projetados para um mundo inóspito, frio e brilhante.

Esta é nossa primeira experiência. A partir desse momento, a ligação umbilical com a mãe termina abruptamente. Assumimos uma identidade única. Somos um indivíduo distinto, uma entidade separada. É neste momento primordial que começa a nossa viagem pelas Casas.

O Ascendente e os planetas que estão próximos a ele aparecem quando nascemos e suas qualidades se refletem em quem somos e no que sabemos sobre a vida. É o início de nossa jornada pelo Zodíaco.

O Ascendente é a lente pela qual interpretamos o mundo e formamos o núcleo de nossa personalidade. Desta forma, o Ascendente que se forma quando nascemos, dá-nos uma visão de nós próprios e do que nos rodeia que nos leva a agir, a nos comportar e a nos relacionar de acordo com essa mesma visão.

É a partir dessa visão que organizamos nossa experiência de vida e moldamos nossa personalidade astrológica. Se nossa perspectiva for otimista, tendemos a ver a vida e os outros de uma maneira positiva.

câncer sol câncer lua

Se, pelo contrário, optarmos por uma interpretação pessimista, tudo parece mais difícil de conseguir. É a diferença entre o copo meio cheio e meio vazio.

Por exemplo, se Capricórnio é o signo ascendente, veremos o mundo por meio de lentes menores, de medo, dúvida e hesitação.

As mesmas oportunidades de expansão que encorajam o Ascendente de Capricórnio à ação podem fazer com que o Ascendente de Capricórnio fique em um estado de medo e apreensão.

O Ascendente de Sagitário reage com entusiasmo aos desafios, enquanto o Ascendente de Capricórnio mergulha na dúvida e na insegurança.

Quem quer que tenha o signo de Áries como Ascendente verá o mundo como um lugar onde a decisão e a ação são pré-requisitos e começará a agir com vigor. Gêmeos como Ascendente cria uma visão de mundo onde o conhecimento e a compreensão são a resposta e então se esforça para entender a vida.

Assim, as características tradicionalmente associadas a cada signo acabam sendo transpostas para o nosso signo Ascendente e configuram a forma como nos vemos e com o mundo e com ele nos relacionamos.

Da mesma forma, os planetas que regem o signo Ascendente contribuem para a forma como nos posicionamos e encaramos a vida. Um signo governado por Marte é movido pela urgência de ação. Um signo governado por Plutão encara tudo como uma luta de vida ou morte.

Portanto, o Ascendente sugere o caminho e a forma como enfrentaremos cada fato da vida. A Casa 1 governa o início. Quando iniciamos uma nova fase de nossa vida, quando enfrentamos uma mudança, as qualidades da Primeira Casa são invocadas.

Os Ascendentes de Capricórnio ou Saturno, por exemplo, hesitam e atrasam tanto quanto possível um novo começo, mudança ou transição para uma nova fase. Um ascendente canceroso, por outro lado, sabe que precisa fazer uma mudança, inicia-a, mas pode retroceder no meio do caminho porque é mais seguro ficar com o que sabe.

O Ascendente em Touro reflete muito bem antes de tomar uma decisão, mas uma vez tomada a decisão e iniciado o processo de mudança, eles procedem de uma determinada maneira, sem olhar para trás. O Ascendente em Leão espera o momento certo para fazer sua entrada dramática, exibindo-se orgulhosamente.

Se o signo Ascendente é a maneira como entramos na vida, o signo solar administra a maneira como nossa personalidade se desenvolve e cresce por toda a vida. O Sol representa a razão de estarmos aqui; o Ascendente é como chegamos lá.

Os signos e planetas na Casa 1 indicam onde devemos agir para cumprir nossa missão e estabelecer nossa identidade. As tarefas que devemos realizar para revelar nossa verdadeira identidade. O desenvolvimento dessas qualidades nos permitirá atingir todo o nosso potencial como pessoa. Só então seremos completos.

Junto com a terceira, quarta e décima casa, a primeira casa revela parte do ambiente que vivemos na infância, no início da vida. Da mesma forma, a Primeira Casa também pode descrever o impacto que nosso nascimento teve sobre os outros.

Com Urano ou Aquário na 1ª Casa, pode acontecer que nosso nascimento significou uma mudança. Com Plutão ou Escorpião, nosso nascimento pode coincidir com uma grande crise de reorientação para aqueles que nos rodeiam.

Vênus na 2ª casa

Uma vez que o signo Ascendente nos influencia muito, as qualidades desse signo também podem ser refletidas em nossa aparência física e expressões corporais. No entanto, para alguns astrólogos, o planeta que rege o signo Ascendente pode ter um impacto maior aqui.

É através do desenvolvimento das qualidades transmitidas pelo signo Ascendente e pelos planetas da Casa 1 que começamos nossa jornada astrológica.

As características que recebemos na Primeira Casa acompanham todas as Casas e nos tornam mais conscientes de quem somos e do nosso papel no grupo maior do qual fazemos parte.

Nodo Norte em 1stCasa - Significado e Simbolismo

Em encarnações anteriores, você confiou nas pessoas menos confiáveis. Ele se importava tanto com as outras pessoas que se esquecia de si mesmo.

Torna-se mais forte se Netuno estiver em ascensão. À medida que sua própria identidade se mistura com a opinião dos outros, ele permite que os pensamentos e opiniões dos outros o influenciem fortemente.

Eles têm que deixar de ser tudo o que as pessoas dizem sobre ele para se encontrar.

O nodo norte da primeira Casa dá-lhe a consciência necessária para descobrir que perdeu a sua identidade, que se tornou o que os outros querem, que é totalmente oposto ao que é e isso lhe causa grande dor na corrente da vida.

Quando através do nó Sul se dá conta de tudo o que perdeu, se torna um extremista, quer consertar de maneira muito dura tudo o que considera ter perdido. Para alcançar a felicidade, você deve equilibrar suas próprias idéias com as dos outros, mas deve ter cuidado para não acelerar esse processo.

O sinal deste nodo Sul indicará como você se imerge nos outros, em vidas anteriores e na do nodo Norte, as maneiras pelas quais você pode estabelecer sua própria identidade.

A primeira casa astrológica começa com a linha ascendente e é de especial importância na interpretação do mapa natal.

Embora não esteja ligada a áreas existenciais específicas dentro das quais possam ocorrer eventos, pessoas ou situações relacionadas com este setor (como acontece por exemplo com a segunda casa e bens etc.; a terceira casa e irmãos / irmãs, viagens.

Marte Trígono Sinastria de Vênus

O quarto e a família, a necessidade de segurança e assim por diante), é uma casa fundamental porque imprime seu próprio caráter no ego e, portanto, a maneira geral do indivíduo se expressar e sua atitude em relação à vida e às novas experiências.

A primeira casa também está ligada à constituição física, herança biológica, morfologia, aparência externa (por exemplo, um aspecto suave para um Ascendente em Câncer ou um aspecto severo para um Capricórnio).

A saúde também está sob a jurisdição desta casa, às vezes problemas físicos ou defeitos relacionados às correspondências anatômicas do signo hospedeiro podem ser identificados, se um planeta fortemente danificado estiver presente.

Às vezes, mas nem sempre. Esta mesma casa nos mostrará como são a avó paterna e o avô materno.

Muitos autores tendem a definir o Ascendente como um indicador da modalidade adotada por um indivíduo para oferecer uma imagem de si mesmo para o exterior. Com efeito, a primeira casa ou Ascendente mostra tanto a forma como nos apresentamos aos outros (o que queremos mostrar sobre nós), mas também a forma como os outros nos percebem à primeira vista.

Existe, portanto, uma razão pela qual o Ascendente é chamado de máscara que usamos, porque é um papel que tendemos a desempenhar, que é apenas uma parte de quem somos: nossa verdadeira identidade está contida no Sol. Basicamente, o Ascendente é o mais evidente parte da nossa personalidade, aquela parte de nós que os outros captam, a primeira impressão antes de nos conhecermos melhor.

Por esta razão, muitas vezes, é mais fácil adivinhar o Ascendente de uma pessoa do que o Signo Solar.

Conclusão

Uma vez que representa o que a alma deve se tornar, o Nodo Norte é um território desconhecido e incerto.

Portanto, envolve sair de sua zona de conforto e enfrentar questões desconhecidas, exigentes e desafiadoras.

Nesse momento de incerteza, a alma pode se voltar para o Nódulo Sul, para suas experiências passadas. Nesse momento, a alma traz o que aprendeu no passado para o presente para ajudar a cumprir seus objetivos presentes.

Os planetas encontrados na primeira casa nos ajudam a definir a personalidade de um indivíduo e também podem indicar uma mudança no comportamento ao longo do tempo que muda a impressão que as pessoas tinham anteriormente.

Por exemplo, uma pessoa que tem a cúspide do Ascendente que começa no signo de Virgem e depois passa para Libra, um signo onde também encontramos o planeta Plutão, poderia indicar que em uma fase inicial da vida a pessoa parecerá tímida, inseguro, gentil e reservado. , depois se mostrando mais forte, autoconfiante, determinada.

Dependendo do aspecto harmônico ou desarmônico, cada planeta da primeira casa terá uma função diferente.

Será harmonioso se em casa ou em exaltação e se trocará boas influências com outros planetas, desarmônico se vice-versa.