Pelicano - Espírito Animal, Totem, Simbolismo e Significado

Pelicanos são um gênero de aves aquáticas facilmente reconhecíveis por sua aparência específica. Existem várias espécies de pelicanos, vivendo em diferentes partes do mundo, mas todas essas aves compartilham características semelhantes.



Os pelicanos são reconhecidos por suas pernas curtas e grossas, corpos grandes com cabeças grandes e bicos especificamente longos.

Claro, todos nós reconhecemos os pelicanos por sua caça especial na garganta. Pelicanos são pássaros realmente incríveis.



Eles são excelentes nadadores, mas também podem voar alto e por longas distâncias. Seus corpos curtos de formas estranhas podem parecer um pouco desajeitados e assim é no chão, mas os pelicanos são verdadeiros mestres em voar e nadar.

eu matei alguém no meu sonho



Eles se alimentam de peixes e caçam juntos; pelicanos são pássaros sociáveis. Às vezes, eles pegam outros animais aquáticos. Os pelicanos são uma equipe de caçadores habilidosos e diplomáticos.

Essas aves aquáticas são pais dedicados e apaixonados.

Eles colocam cerca de dois a três ovos apenas uma vez por ano e ambos os pais cuidam dos pequenos. Eles constroem ninhos perto da água, em junco.



Seus estranhos bicos furtivos servem como armazenamento para comida semi-digerida que eles usam para alimentar pequenos pelicanos.

Pelicanos são conhecidos por cuidar bem de seus poucos filhotes. Uma história lendária conta mais sobre o vínculo especial entre a mãe pelicano e seus queridos filhos.

Significado cultural do Pelicano

Os primeiros cristãos têm um grande respeito pelos pelicanos, uma admiração pela figura feminina do pelicano que se origina em tempos anteriores ao Cristianismo e uma história de seu sacrifício.



De acordo com essa lenda, houve um longo período de grande fome, que levou à fome de todas as criaturas vivas; todos os fracos e vulneráveis ​​foram primeiro atingidos pela fome.

Havia uma mãe pelicano com seus filhos; não havia comida que ela pudesse encontrar e dar a eles. A fim de salvar seus pequeninos da fome e oferecer-lhes uma chance de sobrevivência, a devotada e carinhosa mãe pelicana cortou seus seios com seu próprio bico; o sangue de seu corpo era a única coisa nutritiva que ela poderia oferecer a seus bebês.

Existe mais uma versão dessa lenda que fala sobre a mãe pelicana tentando salvar seus filhotes da morte, também alimentando-os com seu próprio sangue. Ela salvou seus filhos, mas morreu ela mesma.

Esta história triste e inspiradora torna os pelicanos, especialmente pelicanos femininos, um símbolo universal do amor maternal, paternidade, devoção, auto-sacrifício e abnegação.

Os primeiros cristãos interpretaram essa grande história à sua própria maneira, então os pelicanos se tornaram um símbolo do próprio Cristo e de seu amor, devoção e sacrifício pelas pessoas.

O sangue de Pelicano da lenda foi simbolicamente associado a um dos símbolos cruciais do Cristianismo, o sangue de Cristo.

Existe outra lenda sobre pelicanos, encontrada em antigas obras cristãs em Alexandria. Diz sobre pelicanos e seus filhotes.

A história em si é cruel, mas inspiradora; conta como os pequeninos brigavam com a mãe enquanto ela os alimentava; a mãe pelicana lutou e os matou. No entanto, ela amava seus filhos e então cortou seus seios, derramou seu sangue sobre seus filhos mortos e os reviveu.

Na interpretação cristã, esta é uma alegoria de Cristo, seu sacrifício e sua ressurreição e a relação do povo com ele e suas obras.

O simbolismo do pelicano é provavelmente o mais forte na tradição cristã e ali representa o amor, o sacrifício, a caridade, a misericórdia e a devoção. Pelicanos também são mencionados em contos populares e fábulas.

Uma das fábulas de Esopo fala sobre o Pelicano e a avestruz e é mais ou menos a mesma história que as mencionadas anteriormente. No entanto, nesta versão, a mãe alimenta seus filhos com seu próprio sangue para fornecer-lhes o melhor alimento vital que eles poderiam obter.

Em seu sangue, não há apenas alimento para crescer, mas também verdadeira devoção, verdadeiro amor e verdadeiro sacrifício.

O avestruz ficou chocado com a visão e assim explicou ao Pelicano a maneira como os avestruzes alimentam seus filhos e cuidam deles. No entanto, o Pelicano respondeu que os modos dos avestruzes são muito frios e pouco afetuosos e que a dor que ela suporta ao alimentar seus bebês é na verdade o prazer, pois ela sabe que deu o seu melhor como uma mãe carinhosa.

Um conto popular húngaro intitulado O pássaro pelicano é algo diferente; é um conto de fadas clássico sobre uma princesa triste e um menino servo dedicado. De acordo com esse conto popular, um rei tinha um pássaro cantor que ele adorava.

Como ele estava muito triste com isso, sua filha anunciou que se casaria com o homem que encontrar os pássaros e trazê-los de volta. Como acontece nos contos de fadas, um menino servo foi quem cumpriu a tarefa e se casou com a bela filha do rei.

Pelicanos também são apresentados na literatura e na arte. Só para mencionar o Pelican de um dos livros infantis mais populares de todos os tempos, Peter Pan , por J.M. Barrie.

Há uma representação surpreendente de um belo pelicano branco, pintado pelo pintor animalier holandês Melchior d'Hondecoeter no século XVII.

É um exemplo surpreendente da arte flamenga e definitivamente um dos mais belos exemplos de retratos de pelicano na arte clássica.

Simbolismo do pelicano

Os pelicanos estão associados a muitas idéias e conceitos positivos. Como podemos ver claramente, os pelicanos representam alguns dos maiores valores cristãos.

Claro, esses são valores universais, independentemente das confissões das pessoas, sistemas religiosos e caminhos espirituais. Simbolismo de sacrifício, devoção e amor é importante para todas as pessoas ao redor do mundo. Os pelicanos simbolizam muito mais coisas. Deixe-nos descobrir.

Essas incríveis aves aquáticas simbolizam equilíbrio, harmonia e calma. Pelicanos são pássaros amigáveis ​​e sociáveis ​​e não são agressivos. Eles personificam a ideia de uma vida harmoniosa em comunidade.

escorpião sol lua de escorpião

Pelicanos são responsáveis ​​por manter o ritmo, estabilidade e segurança. Eles também representam paciência e desenvoltura. Essas versões da história sobre o pelicano e seus filhos provavelmente ilustram melhor o simbolismo dos pelicanos.

Portanto, os pelicanos permanecem um símbolo de generosidade, bondade, compaixão e devoção. Eles nos ensinam que devemos sempre cuidar das pessoas próximas a nós; mesmo que às vezes nos pareçam ingratos e rudes.

Às vezes, as pessoas não conseguem expressar suas verdadeiras emoções e se esconder atrás da máscara de frieza, crueldade e impiedade. No entanto, nem sempre é a verdade real.

Pelicanos simbolizam caridade, amor incondicional, apoio e compreensão. Eles incorporam a ideia de sacrifícios que todos nós temos que fazer às vezes.

Simbolicamente falando, os pelicanos são retratados como seres dispostos a dar tudo o que possuem para salvar algo que é precioso para eles.

Essa é a lição que todas as pessoas devem ter em mente. Portanto, se um pelicano aparecer em sua vida, se você o ver ou sonhar com um, pense em suas prioridades.

Esses pássaros simbolizam lealdade, confiança e bravura.

Eles também representam o perdão, que também é visto nas lendas sobre o sacrifício do Pelicano. Abraçar, aceitar e perdoar é provavelmente algo de que nós, pessoas, devemos ser constantemente lembrados.

Os pelicanos são o símbolo máximo da paz na vida, do amor familiar e de todas as coisas que valorizamos na vida.

Também representam uma força e uma coragem incríveis, pois é algo essencial para fazer qualquer sacrifício e escolher o seu caminho com sabedoria.

Totem pelicano e poderes espirituais

O totem do Pelicano é um verdadeiro guardião. As pessoas nascidas sob este totem são incrivelmente corajosas, mas nunca pediriam medalhas e ouro. Essas pessoas são afetuosas, compassivas, amorosas e atenciosas.

Eles estão prontos para desistir de tudo em benefício de seus entes queridos, especialmente seus filhos, se os tiverem. Eles são conhecidos por serem algumas das pessoas mais altruístas e generosas.

Eles são amigos que ficarão com você nos momentos mais sombrios, não apenas quando tudo está alegre e bem. O totem do Pelicano é calmo por natureza, educado e tranquilo.

Eles adoram ouvir os outros, mais do que se gabar do que fizeram ou realizaram. Eles se sentem confortáveis ​​na companhia de outras pessoas e estão sempre presentes para tornar o ambiente agradável e sereno.

O povo Pelican tem muita experiência prática sobre muitas coisas na vida, então é bom olhar para cima e seguir bons conselhos. Esses indivíduos são pacientes e não agressivos.

Eles são muito cooperativos e trabalham de forma eficiente em grupo e sozinhos. Eles não acham difícil seguir os outros, mas não são tolos e sempre pensam em qualquer decisão ou ação que estão prestes a tomar e realizar.

O povo Pelican dá aos outros um bom exemplo de como ser honrado, corajoso, bem-sucedido e gentil ao mesmo tempo. Pessoas guiadas pelo totem Pelican possuem aquele tipo de bravura e coragem que é totalmente esquecido, mas o mais precioso.

Eles lutam pequenas batalhas a fim de fornecer o melhor para seus entes queridos e para eles próprios; O povo Pelican sabe por que vive.

Eles sabem que a vida é cheia de erros, desafios e infortúnios, mas elogiam todas as coisas boas que acontecem, mesmo os menores passos que as pessoas tendem a dar por garantidos e esquecer.

Os pelicanos são amáveis ​​e graciosos. Eles são extremamente confiáveis ​​e leais, mas não suscetíveis a manipulação.

No entanto, raramente ficam com raiva ao ver que alguém está tentando tirar vantagem de sua bondade.

Eles apenas cuidam da sua vida e procuram não permitir que pessoas más os explorem, eles o fazem de forma calma; O povo pelicano sabe que todos os humanos podem ser seduzidos por uma ideia de sucesso fácil, então eles têm compreensão suficiente para perdoar e esquecer.