Sol Oposto Sinastria de Saturno

Por que estamos aqui e qual é o nosso destino, perguntamos. Cada um de nós faz a mesma pergunta sobre seu próprio destino. As estrelas poderiam dar uma resposta? Talvez eles pudessem.

De acordo com a astrologia, nosso destino foi escrito nas estrelas. Esta prática ou habilidade muito antiga poderia nos dar pelo menos algumas respostas que estávamos procurando.

A astrologia está em prática desde as primeiras civilizações. No entanto, certas descobertas sugerem que os primeiros humanos também se interessaram pelas estrelas e pelo céu. Claro, não da mesma forma que somos, em sociedades civilizadas. Esta protoastrologia foi concebida para aproximar os humanos do universo e tornar a vida na Terra mais fácil.



As constelações sempre serviram como um mapa do céu; ainda navegamos distâncias olhando para o mapa celestial. Objetos celestiais podem nos dizer muitas coisas sobre nossa vida aqui.

Os cientistas descobriram e analisaram alguns ossos de animais pré-históricos com marcações feitas pelo homem. Essas marcações representam a fase da lua. Os primeiros humanos sabiam que era de alguma forma muito importante.

Não temos ideia se toda a nossa tecnologia, todas as nossas mais recentes descobertas sobre o mundo, o cosmos e a natureza nos tornaram mais íntimos do universo ou foi exatamente o contrário. Ainda está para ser visto. A astrologia como a conhecemos hoje ainda se baseia nos velhos princípios dos tempos antigos.

A astrologia é muito antiga, se falarmos dela como um sistema, não como protociência. Bem, seu nome sugere que a astrologia era uma ciência, a 'ciência das estrelas', mas muitos argumentariam contra isso. Eles afirmam que a astrologia não é particularmente confiável, pois oferece informações inconsistentes e carece de metodologia como as ciências exatas.

Bem, a astrologia é uma abordagem sistematizada, tem sua metodologia, seus princípios, e requer um grande conhecimento para aplicar esses princípios. No entanto, a astrologia é baseada em fundamentos diferentes daqueles das ciências reconhecidas.

Além disso, a astrologia já foi a mesma que a astronomia. No entanto, pelos motivos mencionados, foi posto de lado.

Hoje, a astrologia é amplamente praticada. A popularidade da astrologia moderna tem crescido desde a metade do século XX. Os tempos modernos apresentam uma nova tendência de combinar práticas alternativas com práticas oficiais, convencionais e puramente científicas. Talvez a astrologia voltasse a brilhar assim, quem sabe.

Em qualquer caso, muitas coisas que a astrologia era algum tipo de prática de adivinhação e adivinhação. Bem, não exatamente. Além disso, a astrologia não prevê eventos concretos.

Pode dar dicas e apontar eventos importantes ou o tipo de eventos importantes que aconteceriam ou poderiam ocorrer. Ele oferece uma visão preciosa e valiosa dos potenciais.

A Importância da Astrologia Natal

Estamos prestes a analisar a sinastria, mas nunca poderíamos fazê-lo, a menos que aprendamos mais sobre astrologia e mapas natais. É de vital importância, porque a sinastria é uma comparação de mapas natais.

Estaremos falando sobre a compatibilidade romântica de dois indivíduos, como pode ser visto através de um relatório de sinastria. Portanto, temos que aprender sobre suas personalidades, por meio de relatórios de mapas natais.

Ok, mas o que é um mapa natal? Que tipo de informação oferece? Como isso parece? É confiável? Essas são apenas algumas das perguntas que uma pessoa que não entende muito de astrologia faria.

Vamos tentar explicar os mapas natais de uma forma breve e simples. O mapa natal é como um ID celestial. É uma representação única do céu, relacionada à vida de um indivíduo.

O que isto significa? As cartas natalinas são diagramas que representam o céu, o sistema solar, na astrologia ocidental. Os diagramas são fixos e apresentam vários elementos constitutivos, como signos do zodíaco e casas astrológicas.

O céu é projetado no mapa, conforme visto no momento específico, ou seja, seu aniversário.

Um mapa natal é o macrocosmo refletido em seu microcosmo. De acordo com a astrologia, a posição dos planetas no momento de seu nascimento determina a pessoa que você é e define sua vida. Até certo ponto, pelo menos.

Cada planeta possui energia e vibração específicas. Sua distribuição fora deles em relações específicas e suas energias se combinam e interagem.

Esta é a parte do ‘escrito nas estrelas’. O resto é com você. O que foi escrito nas estrelas você não pode mudar, assim como você não pode remover os planetas de seu mapa e colocá-los em outro lugar.

No entanto, o que você vê no gráfico é algo que pode afetar. O insight ajudaria você a reconhecer melhor suas qualidades e a fazer uso delas.

Synastry e Natal Charts

Por que isso era tão importante, se falamos de sinastria e não de horóscopos personalizados? Bem, a sinastria compara mapas natais personalizados. No caso de dois (potenciais) amantes, a sinastria tem que lidar com os gráficos de dois indivíduos.

O astrólogo olhava para cada um, antes de colocá-los na relação de sinastria. Cada gráfico é único e, como tal, afetaria a sinastria, além das conexões entre eles.

O astrólogo os analisaria em sua totalidade, mas também se concentraria em elementos específicos. A tendência para relacionamentos longos ou curtos, casamento e família são elementos muito importantes a serem examinados, por exemplo.

Expressão emocional, compaixão, gentileza, cuidado, atitude protetora também são muito importantes, sem mencionar o quão importante era ver se os amantes compartilham objetivos de vida e muito mais.

Sinastria e Aspectos

Quando o astrólogo compara os mapas, ele se concentra nos aspectos astrológicos mútuos.

Aspectos são ângulos entre planetas; distâncias planetárias que fazem as energias planetárias se comportarem de determinada maneira. Você também tem aspectos em seu mapa natal.

Dois gráficos comparados criariam alguns específicos. Dois gráficos mesclados também criariam novos aspectos.

A sinastria é diferente dos gráficos compostos, que foram os mesclados mencionados acima. Ele compara gráficos e analisa a relação passo a passo. A sinastria oferece uma perspectiva ampla e rica de um relacionamento.

Ele aponta os pontos fracos e fortes, ensina um sobre o outro. Pode enfatizar certos elementos que você tem dado como certos em um relacionamento.

A sinastria pode lhe dar dicas sobre um relacionamento potencial com alguém de quem você gosta. Não é garantia de um relacionamento bem-sucedido ou terrível.

No entanto, pode dar uma imagem e uma ideia de como o relacionamento pode ser e em que direção ele pode se desenvolver. A sinastria é um complexo de aspectos astrológicos e efeitos de mapas individuais.

sonho de ser despedido

Aspecto de oposição na sinastria

Havia cinco aspectos principais e seis menores. Os aspectos principais são a oposição aqui, a conjunção, a quadratura, o trígono e o sextil. Alguns aspectos são considerados desafiadores e difíceis, outros fluentes e fáceis.

Isso significa que em alguns aspectos as energias planetárias se confrontam ou ficam tensas, enquanto em outros fluem livremente e manifestam suas melhores qualidades.

A oposição não é fácil. Na verdade, é o pior de todos os aspectos, pois confronta as energias planetárias.

No entanto, não sejamos muito duros. Na verdade, não é correto chamar os aspectos de bons ou maus. Cada um tem seu propósito específico e um papel a cumprir.

Embora a oposição possa ser pesada, opressora e divisiva, às vezes sua energia é necessária, pois ela o força a tomar uma atitude e resolvê-la.

Sol na mitologia e astrologia - Luminares na sinastria

O Sol é o planeta mais importante da astrologia. Nós o chamamos de planeta, como na astrologia, todos os objetos celestes são simplesmente rotulados como planetas. O Sol é o primeiro dos planetas pessoais.

Representa seu verdadeiro eu, sua força pessoal, integridade, autoconfiança, objetivos, ambições, reputação, a necessidade de se destacar e marcar seu lugar.

O Sol é um princípio masculino, sua mente racional, sua razão. O sol é tudo o que se manifesta em você, tudo o que você apresenta. O sol rege o signo de Leão, então você pode obter uma imagem sobre seu efeito astrológico e natureza.

Na mitologia, o Sol sempre foi elogiado e adorado, por bons motivos.

Representa toda a vida, vitalidade, positividade, crescimento, luz, saúde, força. O Sol é a sua força vital e a força de toda a vida terrena também. Na mitologia grega, o sol era associado ao belo e adorado deus Hélios.

Helios foi quem deu luz e calor aos habitantes da terra. Todas as manhãs ele cavalgava em uma carruagem dourada e espalhava seus raios quentes por todo o mundo.

O Sol é considerado extremamente importante na sinastria. Bem, é altamente pessoal; fala sobre a vontade pessoal, pontos fortes, objetivos e muito mais. Em um aspecto, tem que afetar o relacionamento.

Quanto às luminárias em geral, o Sol e a Lua, muitos autores afirmam que é melhor tê-los em um aspecto da sinastria, mesmo que o aspecto não seja favorável.

Saturno em mitologia e astrologia - planetas em sinastria

Saturno é o notório planeta da miséria, desespero e tristeza. Astrologicamente, culpamos Saturno por todos os nossos infortúnios e experiências negativas na vida.

É verdade que Saturno é o maior maléfico astrológico. Este é o planeta das limitações, restrições e fronteiras. Está associada à doença, à velhice, a visões estreitas e teimosia a esse respeito.

No entanto, Saturno também trata de conjuntos de regras bem estabelecidas, necessárias para a estabilidade. Saturno é analítico, solene e responsável. Saturno nos ensina a importância da paciência e da organização.

Este é um dos planetas sociais em que desempenha o papel de um tutor de vida, um ser rigoroso e pouco amado. A energia de Saturno é difícil de aceitar, antes mesmo de você começar a entendê-la.

No entanto, Saturno pode desempenhar um papel essencial e até bom. Na sinastria marcada por muitas relações vagas e vagas, mesmo que houvesse muito romance e paixão e mais, Saturno poderia controlar os elementos divisores. Isso pode torná-lo focado, estável e responsável.

Saturno pode ser destrutivo, embora inibidor demais. Depende dos planetas e de outros aspectos da sinastria.

Sun Opposite Saturn Synastry - Limitada pelo Dever

Este é um aspecto pesado, mas profundo. A conexão do tipo apresenta um forte vínculo entre os parceiros.

No entanto, isso é algo que precisa de muito trabalho de ambos os lados, se você quiser 'sobreviver' a essa oposição.

Algo os une; se falamos de um relacionamento já estabelecido, é incrível que vocês estejam juntos, apesar das grandes diferenças de natureza.

O Sol oposto a Saturno é um vínculo pesado. É altamente improvável que esse relacionamento comece lentamente; pode até ser um tipo de relacionamento romântico que surge como resultado de um acordo mútuo.

Talvez vocês dois procurem alguém com quem possam desenvolver um relacionamento estável. Não há muita paixão brilhante, mas o vínculo é profundo. No entanto, é muito difícil, ao mesmo tempo.

Com o tempo, as diferenças tornam-se cada vez mais claras. O problema é que a conexão pode perder tudo da sua amorosidade, que devia estar presente inicialmente. Vocês podem decidir permanecer juntos por algum senso de responsabilidade e dever, não por amor.

O maior problema é que o Sol deixaria Saturno inseguro. O Sol, positivo, aberto, ambicioso e independente é tudo o que Saturno não é.

Sun Opposite Saturn Synastry - Lição de alívio

Uma resposta típica de Saturno é tentar controlar tudo, até mesmo as ambições do parceiro solar e sua independência. Isso poderia derrubar o parceiro Sol e drenar Saturno.

Em vez de focar no crescimento mútuo e aprender um com o outro, vocês dois se concentrariam nas desvantagens e poderiam ficar cegos para tudo o que os uniu em primeiro lugar.

Se você está disposto a investir nesse relacionamento, o que dependeria de outros aspectos (pode haver alguns para amenizar esse peso), você deve se concentrar novamente. Não busque negatividades e coisas que você não pode mudar.

O Sol não deve insistir egoisticamente em seus planos individualistas grandiosos; eles devem incorporá-los ao relacionamento.

Saturno deve perceber que não é uma ameaça, mas algo que pode enriquecer sua própria experiência.