Lua em conjunção com a sinastria de Júpiter

A astrologia sempre foi uma das ciências alternativas mais intrigantes e atraentes. Há muito tempo, era tratado igualmente com a astronomia; os dois foram levados e tratados juntos, até a era do Iluminismo.



Isso significa que a astrologia desfrutou do status de ciência 'real' por um longo tempo. Na Idade da Razão, a astrologia foi separada da astronomia.

Esta última foi tratada como uma ciência confiável e oficialmente reconhecida, enquanto a astrologia caiu na categoria de alternativa, mesmo subterrânea, oculta e esotérica. No entanto, esta maravilhosa 'ciência das estrelas', como o próprio nome sugere, sobreviveu até hoje. No século XX, o interesse pela astrologia voltou a surgir.



As tendências modernas mostram tendência a tratar a astrologia, assim como muitas outras ciências e caminhos alternativos, em algum tipo de união com os oficiais. As práticas do Extremo Oriente há muito tempo são consideradas alternativas à ciência ocidental, mas parece que estão ganhando cada vez mais popularidade no mundo ocidental.



A astrologia poderia ser tratada da mesma forma, até certo ponto. Em qualquer caso, parece que a astrologia é popular hoje. A astrologia é, de fato, muito antiga; possivelmente a (pseudo) ciência mais antiga que existe.

Algumas descobertas arqueológicas sugerem que ele existiu mesmo em tempos pré-históricos. Sem dúvida, nossos ancestrais distantes estavam usando o céu como um mapa de navegação.

Eles observaram o pôr-do-sol e o nascer do sol, relacionando tais fenômenos com o que vivenciam na terra. As primeiras tribos nômades certamente navegariam em seu movimento pelo céu estrelado.



Existem evidências de gravações das fases da lua - marcas encontradas em ossos de mamutes que correspondem às fases da lua.

As pessoas então começaram a nomear estrelas e constelações, o que finalmente precisava se tornar uma abordagem sistemática para a observação do céu. Além disso, nomear objetos celestes nos aproximou daquele imenso e inefável espaço lá em cima.

Divindades foram associadas a planetas e estrelas; esta deificação representou nosso espanto e admiração pelas maravilhas da natureza, em grande parte.



A astrologia, assim como a conhecemos, existe há séculos. Baseia-se na ideia de que o macrocosmo, ou seja, o universo, reflete no microcosmo, ou seja, em nossas vidas humanas.A astrologia lê o céu e conecta suas manifestações celestiais com a vida de pessoas individuais, os principais eventos na Terra e assim por diante.

sonhos de levar um tiro em

Astrologia e Sinastria Natal

A sinastria é um estudo de mapas natais comparados entre si, por isso é de grande importância primeiro entender o que é a astrologia natal e o que os mapas natais representam e oferecem. A astrologia natal é um estudo astrológico personalizado de mapas de nascimento.

Mapas de nascimento, mapas natais ou horóscopos, como você deseja, são produtos da astrologia natal e sua principal ferramenta.

O mapa natal é um diagrama que o astrólogo cria com base na sua data, hora e local de nascimento. A carta é especialmente desenhada e dividida em casas, signos do zodíaco etc.

Os planetas do sistema solar, que são dez planetas astrológicos, incluindo o Sol e a Lua, assumem posições específicas e criam complexos energéticos específicos, por assim dizer. Assim, cada mapa natal é único e especial.

Duas pessoas podem nascer no mesmo dia, na mesma hora e no mesmo local. Como então seus destinos poderiam ser tão diferentes?

É porque a singularidade de um gráfico não depende apenas dessa distribuição fixa de estrelas, mas do que você pode fazer com ela. Isso significa que um mapa natal apresenta um conjunto específico de potenciais.

Por que isso é importante quando nosso assunto não é a leitura do mapa natal, mas os relatórios de sinastria? É porque é preciso entender completamente cada mapa natal, antes que eles possam ser comparados.

O astrólogo leria primeiro cada mapa, por princípios e métodos astrológicos e com uma atitude profissional, privado de qualquer sentimento pessoal.

Dessa forma, o astrólogo ‘encontra’ cada indivíduo e pode entender melhor como os dois funcionariam juntos, quão compatíveis são, do ponto de vista astrológico.

Ler um relatório de sinastria é uma tarefa complexa e requer paciência e grande conhecimento dos princípios astrológicos e de todos os significados e simbolismo.

Leitura do relatório de sinastria

O astrólogo exploraria cuidadosamente cada mapa natal, com foco especial nos elementos relativos aos relacionamentos. As pessoas geralmente pedem um relatório de sinastria de compatibilidade romântica.

O astrólogo prestaria atenção à emocionalidade de cada indivíduo, sua natureza simpática, expressão emocional, ideias sobre relacionamentos em geral, tendências para o compromisso.

A compatibilidade do amor pode ser vista na comparação de dois gráficos. Isso é o que chamamos de leitura de sinastria, não deve ser confundida com leitura de gráfico composto.

O Synastry compara os gráficos e lê os aspectos que eles criam entre si. A leitura composta mescla dois gráficos em um e o lê como um novo gráfico.

O que a sinastria poderia revelar? Pode dizer o futuro de um relacionamento? Se você está pedindo compatibilidade amorosa com uma pessoa com quem não tem um relacionamento, a sinastria poderia dizer se vale a pena tentar? Bem, não há uma resposta simples para essas perguntas.

A sinastria pode ser muito útil e preciosa. No entanto, você não deve interpretar como está escrito na pedra.

Pode mostrar-lhe os melhores e os piores elementos de um relacionamento. Por exemplo, pode revelar se você e seu (potencial) parceiro enfrentariam problemas em relação às suas opiniões pessoais sobre família e vida de casado, ou carreira ou qualquer outra coisa.

Também pode mostrar quais são seus pontos de encontro, seus interesses correspondentes, pontos de vista compartilhados sobre a vida etc.

Sinastria e aspectos astrológicos

Isso finalmente nos leva aos aspectos astrológicos. Aspectos astrológicos devem ser vistos em cada mapa natal, enquanto na sinastria, o astrólogo interpreta aspectos criados entre dois mapas.

Isso significa que os planetas do seu gráfico formam um relacionamento específico com alguns planetas do gráfico do seu parceiro. Aspectos se manifestam como troca energética específica entre planetas específicos.

Existem cinco aspectos principais, dos quais alguns fluem e outros são desafiadores.

Esta divisão simples significa que o primeiro grupo, aqueles aspectos fluentes ou fáceis, permite o fluxo energético livre e irrestrito das energias planetárias e requer certo grau de esforço para tirar o melhor proveito dele. O outro grupo, de aspectos pesados ​​ou desafiadores, trabalha de forma diferente.

Aspectos desafiadores são responsáveis ​​por problemas, incompreensões e tolerância, conflitos e tensões, em geral. No entanto, mesmo que pareçam negativos, eles são necessários.

Eles trazem certo tipo de dinâmica que coloca as coisas em movimento. Na sinastria, um casal geralmente teria uma mistura de ambos.

Se você vir aspectos 'negativos' na sinastria, não desanime. Esses aspectos podem desafiar o seu relacionamento e 'testá-lo', mas eles não significam que um relacionamento estava fadado ao fracasso total.

Pelo contrário, às vezes esses aspectos podem ajudá-lo a superar certos limites e até mesmo fortalecer sua conexão.

Sinastria e Conjunções

A conjunção é uma espécie de aspecto especial e ambíguo, uma vez que não podemos colocá-lo em nenhuma das categorias. A conjunção é o aspecto mais forte e na sinastria sempre representaria algum tipo de vínculo forte.

No entanto, sua natureza dependeria das energias dos planetas que formam uma conjunção. Esse aspecto pode ser fluido e desafiador.

Primeiro, este aspecto apresenta a menor distância entre os planetas; daí sua energia incrivelmente forte. Os planetas podem combinar completamente as posições em uma conjunção ou ficar muito próximos.

saturno trígono marte sinastria

Eles poderiam, no entanto, estar em sinais diferentes, o que possivelmente complicaria as coisas. As energias dos dois planetas são unidas em uma conjunção e intensificadas, cada uma.

O 'tom' geral da conjunção e seu efeito na relação dependeriam da natureza específica dos planetas. Descrições estereotipadas de tais aspectos isolados são infelizes, para alguns, porque as pessoas tendem a considerá-los como fatores determinantes.

Lembre-se de que um aspecto é um dos elementos que constituem sua relação astrológica.

As conjunções são aspectos poderosos e, como tal, com certeza desempenhariam um papel importante na compatibilidade astrológica, ou seja, em um relatório de sinastria.

Deixe-nos apresentar a você os planetas que são o assunto da conjunção da nossa sinastria de hoje, a Lua luminosa e o planeta social, o gigante Júpiter.

Lua na mitologia e astrologia - luminares na sinastria

A Lua é uma das luminárias, o outro lado do Sol, por assim dizer. Nós a descrevemos como tal, porque a Lua não tem luz própria e reflete a do Sol dourado.

No sentido astrológico, significa que a Lua representa a luz que está oculta - nossa luz intuitiva, enquanto o Sol representa aquela óbvia, característica e nossa razão.

A Lua é nosso eu emocional e intuitivo. Muitos descreveriam que é aquela profunda voz interior de orientação. O Sol não pode se manifestar bem sem a influência da misteriosa Lua; ambos os luminares são de importância essencial na astrologia natal, bem como na sinastria.

neve em um sonho

Na sinastria, esses planetas são de grande importância. Eles são luzes.

Como tal, eles permitem que parceiros românticos se vejam, metaforicamente falando. Os astrólogos sugerem que é melhor tê-los, mesmo em aspectos ruins, do que não tê-los envolvidos na sinastria.

A Lua é nosso ser gentil e reconfortante, nosso porto seguro e nosso canto aconchegante e seguro. A Lua é um planeta feminino e representa a família e principalmente a figura de uma mãe.

Este é o planeta da emoção e da intuição, dois elementos extremamente importantes para qualquer relacionamento. A Lua também está associada à graça e beleza.

De acordo com a mitologia, Selene (a Lua) era filha de um majestoso titã Hyperion. Seus irmãos eram Helios, o deus filho e Eos, o Dawn. Selene era tão bela que todas as estrelas desapareceriam quando ela chegasse ao céu noturno.

Um conto triste e romântico do belo pastor-príncipe Endymion, que estava apaixonado pela deusa Lua, provavelmente ilustra a atração, a gentileza e a beleza deste planeta emocional da maneira mais bela e poética.

A Lua está sempre associada a coisas como beleza, sono, sonhos, mistérios e gentileza.

Júpiter em mitologia e astrologia - planetas em sinastria

Júpiter é considerado o planeta da sorte, possivelmente o mais afortunado quando se trata de leituras astrológicas. Júpiter é o planeta da expansão, associado à sabedoria, conhecimento superior, viagens distantes e terras estrangeiras.

Júpiter está associado à justiça, à ordem e às regras, mas não de uma forma restritiva como Saturno funciona. Junto com Saturno, Júpiter é um planeta social.

Júpiter está associado à generosidade, misericórdia, compreensão, fortuna, possibilidades concretas de alcançar estabilidade financeira, status social elevado etc. No entanto, o espiritual domina o material com Júpiter.

Este planeta fala sobre o aspecto social de um relacionamento, quando em sinastria. Vamos ver o que a Lua em conjunção com Júpiter tem a oferecer.

Lua em conjunção com a sinastria de Júpiter - Dream Team

A lua em conjunção com Júpiter é um aspecto promissor, que traz uma alegria incrível para ambos os parceiros.

O caráter em expansão de Júpiter, sua positividade e sorte geral combinam tão bem com a Lua amável e amorosa e emocional. Este aspecto é caracterizado por uma conexão alegre e agradável entre os parceiros.

Essa conexão desperta uma atitude de mente muito aberta, que abre todo um mundo de possibilidades nas quais vocês podem desfrutar juntos.

Esse aspecto torna o casal muito positivo, tanto no âmago e na intimidade quanto externamente. Vocês dois simplesmente emitem boa energia e gostam de compartilhá-la com outras pessoas. Você provavelmente gostaria de ter encontros familiares e organizar momentos agradáveis ​​com seus amigos em comum.

Existe apenas um risco neste contexto, que é a falta de limitações.

Esse aspecto, de fato, carece de alguma forma de contenção, quando observado isoladamente. Este é um aspecto da expansão geral, o que é incrivelmente positivo, por um lado, pois indica abundância - de emoções, alegrias, até mesmo materiais.

No entanto, você deve considerar as desvantagens como possibilidades e procurar alguns elementos estabilizadores em sua sinastria.

Lua em conjunção com a sinastria de Júpiter - Espalhando otimismo

Lua em conjunção com Júpiter é um aspecto de expansão mútua, em que os parceiros se entendem e apóiam as ideias uns dos outros, geralmente trabalhando juntos.

Eles, no entanto, podem acabar com algumas expectativas compartilhadas, embora improváveis ​​e irrealistas, que podem acabar mal se você simplesmente deixar que sua perspectiva excessivamente positiva o engane.

Bem, isso não significa que tal coisa iria dividir vocês dois, mas não compartilhe decepção e fracasso se geralmente desnecessário. Procure um aspecto de Saturno em seu relacionamento, pois você precisa de um pouco mais dessa seriedade e responsabilidade.

Mas, novamente, vocês dois são um verdadeiro time dos sonhos que pode cruzar fronteiras e se expandir para a grandeza.

O que é muito importante e bom saber é que este time dos sonhos emite vibrações positivas ao redor; Lua em conjunção com Júpiter gosta de momentos felizes com outras pessoas, assim como eles se sentem confortáveis ​​e afortunados por terem um ao outro.

Apenas preste atenção em suas idéias, às vezes excessivamente expansivas, e as coisas funcionariam de maneira incrível.